Blog de Gueverson
  

Texto base: ECLESIASTES 3

Tudo tem um tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”

 

Texto auxiliar: S. JOÃO 11 v.6

Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava.”

 

Nos textos lidos observamos a vontade de Deus manifestada no seu tempo. Em Eclesiastes o escritor é categórico ao afirmar “Tudo tem um tempo determinado...”, ou seja, já há um tempo, um momento determinado pelo SENHOR DO UNIVERSO para que cada coisa aconteça e “ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos”. Isaías 43 v.13

Muitas vezes não entendemos o não acontecer de algo quando queremos. Não entendemos que para Deus há um tempo determinado a que esse algo aconteça e nosso desespero leva-nos a crer que Deus não nos ama.

Mas no segundo texto vemos o contrário: Jesus soube que seu amigo Lázaro estava doente. Amigo este que Ele (Jesus) amava (v.3, v. 5 e v. 36 ), e que tinha duas irmãs que também eram amadas por Jesus.

O mestre ainda disse: “...esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”.

O milagre não aconteceu no momento em que Marta (v. 21) e Maria queriam e nem por isso Ele não amava a Lázaro.

Jesus ainda afirmou: “

Diz a Palavra de Deus que Ele ainda ficou dois dias no lugar em que estava. Depois desses dois dias Jesus retornou à Judéia e, chegando ali Lázaro havia sucumbido. Ali operou um grandioso milagre que todos conhecemos (v. 43 e 44).

O poder de Deus foi manifesto na hora em que queria. O agir de Deus fora no momento certo sendo, assim, glorificado pela multidão que ali estava e creram Nele (v. 45).

Muitas vezes pensamos e, até reclamamos, dizendo que Deus está demorando a agir em nós. Mas Ele chega no momento Dele. Quando Ele quer. No momento certo. E Ele sabe qual é o momento certo. Não chega antes e nem depois. É na hora certa. No momento determinado por Ele, como diz o versículo:

E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?

Lucas 18.7



Escrito por Gueverson às 11h00
[] [envie esta mensagem] []


 
  

...O maior servirá o menor.

Romanos 9 v.12

 

Nos dias atuais vemos uma enorme sede de grandeza. Cada qual busca ser superior a outrem. Não obstante, ninguém quer ser servo do outro. Ninguém quer servir. Servir é, nos dias atuais, e sempre o foi, sinônimo de ser “menor”; ser inferior. Sinônimo de fraqueza. Uma pessoa sem autoridade.

No entanto o versículo que lemos diz: “...O maior servirá o menor.”

Deus abate aquele que é soberba e, assim, confunde-o fazendo coisas que parecem impossíveis aos nossos olhos. Ele detém todo o poder. Faz o que quer e quando quer. Tem coisas na Bíblia que só crente crê.

Faz o poderoso (aos olhos humanos) ser inferior àquele que lhe é fiel. Exemplo: José, no Egito.

 

Exemplos:

 

·        Davi era o menor. Deus o fez rei de Israel;

·        Jacó era o gêmeo secundário e, com nome que significava enganador. Tornou-se uma grande e abençoada nação. (Gn. 25 em diante);

·        Moisés era mais jovem que Aarão; foi o primeiro condutor do povo hebreu rumo a Terra Prometida.

 

 

Sendo assim, vemos claramente, que Deus usa a todos se descriminação. Ele usa a quem quer, como quer e quando quer.

Pois “Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente.” Hebreus 13 v. 8

Se dermos lugar para que Ele entre em nossa vida, faça morada e nos use Ele vai usar-nos para que façamos coisas grandiosas em Deus.

Amém!!



Escrito por Gueverson às 18h55
[] [envie esta mensagem] []


 
  

" Sabei, pois, que o Senhor separou para si aquele que é piedoso;...

 

O versículo em questão nos traz um grande ensinamento: somente aquele que é piedoso é separado por Deus.

Aqui temos duas questões:

* o que é ser piedoso? Segundo dicionário da língua portuguesa é o homem que tem compaixão. O que é ter compaixão? Dor que nos causa o mal alheio; comiseração, dó, pena, piedade. Dicionário Michaelis

Quando JESUS andou na terra vemos que teve compaixão de muitos inclusive de nós que estamos lendo este texto. E assim devemos ser!!

* Outra dúvida que nos chama a atenção no versículo lido é que muito ouvimos falar e, até está na moda, ouvirmos: " Fulano é um homem de Deus." Será??

1ª Coríntios 13 nos diz que sem amor nada vale. E sem amor não podemos ser piedosos. O verdadeiro amor vem de Deus! Quem não ama não conhece a Deus. 1ª João 4 v.7 e 8

Peçamos que Deus nos encha do seu amor e nos faça, verdadeiramente, homens piedosos!

 



Escrito por Gueverson às 20h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  

IGREJA DE LUTO - PR. LEONARDO NA GLÓRIA

 

1. É com pesar que registro neste blog, o trágico falecimento do Pastor JOÃO LEONARDO DOS SANTOS LOURENÇO.

2. O Pastor Leonardo (como era conhecido), foi o fundador da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no SMU em Brasília - DF.
3. Pastor Leonardo foi um prestimoso e particular amigo. Grande homem de Deus que abençoou em muito a minha vida, minha família, e o ministério que me foi confiado.
a) Segundo Jackson Carvalho, advogado da família do Pastor Leonardo, ele foi baleado no coração, e de raspão, na cabeça e na coxa, por volta de 18h15 de segunda-feira (14 Set 09), em frente a sua residência, na Rua Monte Castelo, Tarumã em Curitiba – PR.
b) De acordo com as informações, o Pastor Leonardo havia vendido a propriedade e no final da tarde foi com o novo morador acertar os últimos detalhes. Neste momento, o comprador foi abordado por um bandido que queria levar o carro que era de uma locadora e estava com o novo morador. Para proteger os filhos do comprador, dois meninos de 6 e 9 anos, que estavam ao lado do veículo, o Pastor Leonardo tentou persuadir o bandido e foi alvejado cinco vezes com uma pistola calibre 380, o bandido roubou a carteira do comprador da casa e fugiu em um Honda Civic.
c) O corpo do Pastor Leonardo foi trasladado para a cidade de São Luiz Gonzaga onde foi sepultado na quarta-feira (16 Set 09).
d) O Pastor Leonardo deixou a esposa Shirley Chaves, e dois filhos, Gueverson de 26 anos e Joathan de 16 anos.

4. Diante desta trágica notícia, apresentamos em nome da igreja e da minha família, nossas condolências a família enlutada por tão grande perda.
5. Abaixo transcrevo uma mensagem escrita pelo Pastor Leonardo que retrata muito bem a fé e a esperança deste grande homem de Deus. Esta mensagem foi publicada no Boletim Informativo da Igreja Assembléia de Deus do Setor Militar Urbano, em Brasília - DF. Boletim nº 012 em Junho de 2000:

RECOMPENSAS, AOS FIÉIS OBREIROS
(Mateus 19. 27,29)

“Eis que nós deixamos tudo e te seguimos; QUE RECEBEREMOS?”
Nos dias atuais, muitos são os que buscam só recompensas terrenais, trabalham por valores perecíveis, por vanglória, em busca de reconhecimento humano. Porém, não são assim os servos bons e fiéis que servem a Jesus por amor e por gratidão, cuja maior alegria é a expansão do Reino de Deus, este Reino que não é comida e nem bebida, mas sim espiritual, gozo, paz e alegria.
Aos servos bons e fiéis há uma promessa: TODO AQUELE QUE TIVER DEIXADO, CASAS - bens materiais; IRMÃO ou IRMÃS - parentela segundo a carne; PAI ou MÃE - que ficaram orando e chorando pelo filho chamado, que com coragem rompe o dia a dia familiar obedecendo a Voz do Espírito Santo que lhe inquietava todas as horas, aborrece a mulher e até filhos, que as vezes não compreendem, a honra do esposo ou do pai que está fazendo o trabalho que os anjos queriam fazer, e que muitos querem e não podem. Outros deixam TERRAS – o lugar onde nasceram e têm herança. Riquezas materiais não lhe atraem mais, a chama que arde em seus corações se sobrepõe a todos estes valores. São heróis anônimos da fé que vão em busca das almas.
É para vocês a promessa, que talvez, por amor sincero e extrema gratidão, teem até vergonha de meditar. Meus irmãos obreiros, vocês receberão CEM VEZES MAIS aqui na terra, mas pense no que diz o seguinte: e por fim a VIDA ETERNA! Quanta riqueza material, riqueza que nossa descendência, filhos, netos, etc... colhem à sombra de um homem fiel. Mas será que podes imaginar o valor do que nos será recompensado na outra vida? A vida eterna! Pense irmão, mesmo que aqui não recebêssemos nada, só a vida eterna seria suficiente com suas imedíveis riquezas e surpresas que a nossa mente humana não alcança.
Prossiga irmão, o justo juiz tudo vê. Amém! (
Pr. João Leonardo dos Santos Lourenço)

* matéria retirada do Blog: http://prdrdouglasbaptista.blogspot.com/ do Pr. Dr. DOUGLAS ROBERTO DE ALMEIDA BAPTISTA, publicada em 17 de setembro de 2009.



Escrito por Gueverson às 17h39
[] [envie esta mensagem] []


 
   O Comandante leproso

Naamã (PARTE 1)

2º Reis 5 v.14: “Então desceu, e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra do homem de Deus; e a sua carne tornou-se como a carne de um menino, e ficou purificado.”
Trata-se da história de um homem, comandante do exército da Síria, que detinha muito respeito pois por ele Deus dera livramento aos Sírios. Diz-nos as escrituras que era um homem valoroso mas LEPROSO.
Certamente essa deplorável situação lhe era desfavorável já que uma pessoa leprosa era considerada imunda (Lv. 13 v. 2-3).
Este homem tinha muitas qualidades mas seu “defeito” o tornava um homem quase que desprezível. Certamente essa situação o deixava constrangido muitas vezes.
Tinha como serviçal uma menina israelita que falou acerca de um homem, profeta, que estava em Samaria o qual lhe podia restaurar a lepra.
Foi então Naamã até a terra de Israel com carta do rei da Síria direcionada ao rei de Israel dizendo que curasse aquele homem. O rei rasgou suas vestes em sinal de humilhação e pensou que a carta era um aviso de que queria conflito.
Entra em cena Eliseu, o HOME DE DEUS (II Rs. 5 v.8). Ele simplesmente disse a Naamã, por intermédio de um mensageiro que o mesmo mergulhasse sete vezes no Jordão.
Em um primeiro momento ele hesitou em assim fazer. Mas depois foi até o Jordão, mergulhou as sete vezes e ficou curado (II Rs. 5 v.14)
Dessa história que a Bíblia relata podemos tirar muitas lições:
1) de nada serve ser “GRANDE” para os homens se há defeitos na vida. Uma ilustração: um lençol branco tendo uma pequena mancha só é visto pela mancha;
2) Em tudo há um propósito de Deus – a menina de Israel que foi levada como escrava, aparentemente, era uma afortunada. Mas ali ela foi usada por Deus e testemunhou acerca do poder miraculoso do Deus de Israel por intermédio do profeta que havia em sua terra;
3) Em terceiro lugar destaca-se a atitude de Naamã que deu ouvidos ao que disseram seus servos indo mergulhar no Jordão. Nota-se uma posição de humildade que devemos tomar, principalmente quando estamos em situação difícil.
Ouvir e analisar o que os outros tem-nos a dizer.

Ao final da história o comandante do exército da Síria foi presenteado pelo General dos Generais com a cura e a purificação de sua lepra.
ALELUIA!


Escrito por Gueverson às 19h33
[] [envie esta mensagem] []


 
   O Tempo de Deus

Texto base: ECLESIASTES 3

“Tudo tem um tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.”

 

Texto auxiliar: S. JOÃO 11 v.6

“ Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava.”

 

Nos textos lidos observamos a vontade de Deus manifestada no seu tempo. Em Eclesiastes o escritor é categórico ao afirmar “Tudo tem um tempo determinado...”, ou seja, já há um tempo, um momento determinado pelo SENHOR DO UNIVERSO para que cada coisa aconteça. Muitas vezes não entendemos o não acontecer de algo quando queremos. Não entendemos que para Deus há um tempo determinado a que esse algo aconteça e nosso desespero leva-nos a crer que Deus não nos ama.

Mas no segundo texto vemos o contrário: Jesus soube que seu amigo Lázaro estava doente. Amigo este que Ele (Jesus) amava (v.3, v. 5 e v. 36 ), e que tinha duas irmãs que também eram amadas por Jesus.

O mestre ainda disse: “...esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”.

O milagre não aconteceu no momento em que Marta (v. 21) e Maria queriam e nem por isso Ele não amava a Lázaro.

Jesus ainda afirmou: “

Diz a Palavra de Deus que Ele ainda ficou dois dias no lugar em que estava. Depois desses dois dias Jesus retornou à Judéia e, chegando ali Lázaro havia sucumbido. Ali operou um grandioso milagre que todos conhecemos (v. 43 e 44).

O poder de Deus foi manifesto na hora em que queria. O agir de Deus foi no momento certo sendo, assim, glorificado pela multidão que ali estava e creram Nele (v. 45).

Muitas vezes pensamos e, até reclamamos, dizendo que Deus está demorando a agir em nós. Mas Ele chega no momento Dele. Quando Ele quer. No momento certo. E Ele sabe qual é o momento certo. Não chega antes e nem depois. É na hora certa. No momento determinado por Ele, como diz o versículo:

“E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?”

Lucas 18.7



Escrito por Gueverson às 19h21
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!